Entrada Franca - Av. Francisco Matarazzo, 455 - Barra Funda (à 200m da estação Barra Funda do Metrô)
       
26 e 27 de agosto de 2017 - ENTRADA FRANCA
(Sábado e Domingo - 9h às 19h30)
 

História e Ideais

Sakamoto Ryoma foi o líder do movimento que encerrou a era do Xogunato Tokugawa, transformando o Japão em um país moderno. Nasceu na cidade de Kochi (pronuncia-se Kôti), província de Tosa (atual província de Kochi). Tornou-se um exilado ao deixar Tosa sem autorização, aos 28 anos. Mesmo nessa condição, ele percorreu o Japão, divulgando suas ideias sobre uma reforma no sistema político e econômico do país, com o objetivo de acabar com o sistema feudal. Ryoma conseguiu formar uma aliança entre os dois clãs rivais mais poderosos da época, que foi decisiva para evitar derramamentos de sangue. Morreu em 1867, aos 33 anos, assassinado no dia de seu aniversário, cinco anos após deixar o Tosa. Abriu caminho para a modernização do Japão e é considerado o pai da Marinha Imperial Japonesa.

Ryu Mizuno, da cidade de Sagawa, Kochi-ken, criou a Koukoku Shokumin Gaisha (Companhia de Emigração Imperial), para organizar a vinda dos primeiros imigrantes japoneses no Kasato Maru, em 1908. É, portanto, considerado o Pai da Imigração Japonesa. Recebeu o título de cidadão paulistano em 2010, concedido pela Câmara Municipal de São Paulo, em homenagem póstumas.

Nas primeiras décadas do século passado, a imigração japonesa se intensificou, trazendo ao Brasil grande número de conterrâneos de Kochi-ken. Os imigrantes trabalhavam nas lavouras, mas mantinham vivas a cultura e tradições, bem como a culinária de sua terra natal.

 

Ideais

Para preservar e divulgar suas tradições e cultura, os imigrantes e seus descendentes fundaram a Associação dos Provincianos de Kochi no Brasil (Kochi-Kenjinkai), em 1953. A sede atual, situada na Rua dos Miranhas, nº 196, em Pinheiros, na capital do Estado de São Paulo, sonho de primeiras gerações, foi construída com o apoio do governo da província de Kochi.

A diretoria atual do Kochi-Kenjinkai, em respeito ao espírito visionário de seus ancestrais, que construíram a história do Japão e do Brasil (Sakamoto Ryoma e Ryu Mizuno, entre outros), decidiram, em votação unânime, apoiar a iniciativa de seu Departamento de Jovens (Seinenkai), para realizar o Tosa Matsuri – Festival de Cultura Brasil-Japão.

 
Evento do Calendário Oficial da Cidade de São Paulo - Lei nº 15.826 de 17 de junho de 2013
e Calendário Oficial do Estado de São Paulo - Lei nº 15.941 de 14 de outubro de 2015
 
 


ARQUIVO
Apesar da chuva, 5º To-Sa Matsuri confirma tendência de crescimento

Com a gente não tem tempo ruim”. A frase, dita pelo humorista, radialista, ator e roteirista Marcos Aguena, o Japa – que participou pela primeira vez do evento com um show de Stand Up Comedy ao lado dos companheiros Clodoaldo Rocha e Celso Júnior – , resume bem como foi a 5ª edição do To-Sa Matsuri – Festival de Cultura Brasil-Japão, realizado nos dias 20 e 21, no Parque da Água Branca (zona Oeste de São Paulo) pela Associação Cultural dos Provincianos de Kochi no Brasil e organização do Kochi Seinenbu-Bu. Veja mais...



ARQUIVO
4º To-Sa Matsuri supera expectativas dos organizadores

Realizado pelo Seinen da Associação Cultural dos Provincianos de Kochi no Brasil, a quarta edição do To-Sa Matsuri – Festival da Cultura Brasil-Japão – que aconteceu nos dias 22 e 23, no Parque da Água Branca (zona Oeste de São Paulo), não só superou as expectativas dos organizadores como também foi considerado o melhor já realizado, na opinião do público. De acordo com números do parque, mais de 70 mil pessoas passaram pelo local no sábado e domingo. Para os organizadores, o festival atraiu cerca de 50 mil desses visitantes. Veja mais...

   
   
© Copyright 2012 - 2017
6º To-Sa Matsuri - www.tosamatsuri.com.br

Todos os direitos reservados